Sistema Correio apoia campanha da Anadep e da DPE-PB contra racismo

Fonte: Portal R7: https://noticias.r7.com/cidades/sistema-correio-apoia-campanha-da-anadep-e-da-dpe-pb-contra-racismo-27052021

Para marcar o encerramento do Mês da Defensoria Pública e com o objetivo de promover a campanha “Racismo se combate em todo lugar: Defensoras e Defensores Públicos pela equidade étnico-racial”, da Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (Anadep), a Defensoria Pública da Paraíba (DPE-PB) realiza nos próximos dias 28 e 31 de maio lives temáticas com convidados. A transmissão se dará no perfil da DPE no Instagram, @defparaiba. Na Paraíba, a campanha tem o apoio do Sistema Correio de Comunicação.

O presidente da Associação Paraibana dos Defensores Públicos, Fábio Liberalino da Nóbrega, esteve no Sistema Correio de Comunicação, em João Pessoa, nesta quinta-feira (27), para selar a parceria da campanha.

“A imprensa é quem leva a notícia a todos nós, é uma das grandes influenciadoras para alertar toda a população”, disse Fábio.

“O Sistema Correio abraça as causas da Defensoria Pública, levantando temas importantes. É importante relembrar sobre respeito e igualdade para que a população tenha esse conhecimento”, disse a diretora-executiva do Sistema Correio, Beatriz Ribeiro.

Foram convidados para a primeira roda de conversa, nesta sexta-feira (28), a deputada estadual Estela Bezerra e o professor de História da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Elio Chaves. O tema do evento leva o nome da campanha, “Racismo se Combate em todo lugar: construindo instituições antirracistas”. O debate começa às 18h, com mediação da defensora pública e coordenadora adjunta da Comissão de Igualdade Etnico-Racial da Anadep, Aline Mota.

O segundo dia de programação (31) também será mediado pela defensora Aline Mota e abordará o tema “Construindo uma Defensoria Pública antirracista”. Ela recebe a partir das 18h30 a defensora pública de Sergipe, Carla Caroline, e o advogado, Cleifson Dias.

A iniciativa da Anadep, que tem o apoio do Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais (Condege), visa fomentar a necessidade de equidade étnico-racial no acesso a direitos e às políticas públicas de pessoas indígenas, negras, quilombolas e povos tradicionais e quer provocar a sociedade, o Estado e a imprensa para que o antirracismo seja uma luta de todos por meio da educação em direitos.

De acordo com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em 2020, o Disque 100 – canal gratuito para denúncias de violações de direitos humanos –, recebeu 1490 denúncias de violações relacionadas a racismo e discriminação racial.