Prêmio Publicitários Negros revela vencedores

Fonte: Propaganda e Marketing: https://propmark.com.br/mercado/premio-publicitarios-negros-revela-vencedores/

O Grupo Publicitários Negros, que tem como principal objetivo de 2021 a capacitação de comunicadores negros, revela nesta segunda-feira (1º) as campanhas publicitárias realizadas no ano de 2020 que mais agradaram a rede de profissionais.

Os critérios considerados para a curadoria e seleção das campanhas foram: qualidade, técnica, impacto social, além da presença de negros em posições estratégicas e/ou de liderança na campanha inscrita.

A seleção por meio de voto eletrônico ocorreu dentro da rede Publicitários Negros que, com cerca de 2,5 mil membros, contempla profissionais de todo o Brasil por meio das redes sociais com grupos no Facebook, Whatsapp e Telegram, canal no Youtube, página e grupo no Linkedin, além de perfil no Instagram em que divulgam ao mercado os profissionais da rede. 

A campanha mais votada pela rede foi “Alvos do Genocídio”, da Coalizão Negra por Direitos, produzida pela agência Wunderman Thompson Brasil. A campanha reuniu mais de cinco mil assinaturas no site da iniciativa, engajou milhares de pessoas no Twitter com a hashtag #AlvosdoGenocidio, e resultou em mais de 90 milhões de impactos nos espaços bonificados no digital, além de OOH (Out of Home) em vários estados do país.

A segunda campanha com mais votos foi a POWER, do BLCK.PWR.ADS, que elege as melhores ideias que abordam a questão racial, através de um júri composto apenas por pessoas pretas. Além de colocar a temática antirracista em destaque, ela aponta a falta de profissionais pretos nas fichas técnicas, nos fornecedores e também nos júris de festivais. A campanha foi realizada pelas agências AGÔ, Unblock.coffee e Canja Audio Culture.https://www.youtube.com/embed/EZ5dt9hhf0c?feature=oembed

E por fim, a terceira campanha com maior número de votos foi a #Futuro Vivo, realizada por VMLY&R, Coração da Selva e Soko (núcleo de conteúdo digital da Vivo), assim como na POWER, a liderança negra esteve presente dentro da própria Vivo, e nas agências envolvidas. O impacto social da campanha aconteceu a partir da contratação de roteiristas, ilustradores e animadores de diferentes quebradas do Brasil, o que proporcionou visibilidade nacional a seus trabalhos, inserindo-os no mercado.https://www.youtube.com/embed/videoseries?list=PLU4WAUd8FPrdr_ietMGVUy2VwiGfG9Bvd

FICHAS TÉCNICAS

Coalizão Negra Por Direitos – Campanha Alvos do Genocídio

CCO: Keka Morelle

Direção de Criação: Cassio Moron e Nicolás Romanó

Redatores: João Gandara, Thamara Pinheiro

Diretores de Arte: Vinicius Pegoraro e Gustavo Cavalheiro

Atendimento: Vivian Zeni, Gustavo Costa

PR: Vivian Zeni, Andrea Assef e Hellen Araújo

Mídia: Israel Bastos, Vanessa Pupato e Larissa Isabelle e Isadora Fidelles.

Planejamento: Renan Damascena

Creative Development: Sergio Costa

Motion: Marcus Prado e Rodrigo Costa

Head de Produção: Maísa Delgado

Produção Digital: Antonio Corral

Produção Gráfica: Flávio Colella, Leandro Iacovone

Aprovação Cliente: Douglas Belchior, Bianca Santana e Patrícia Firmino

BLCK.PWR.ADS – Campanha POWER

Copywriter: ADRIANO SATO

Art Director: ÀILE PIRES

Motion Designer: EDUARDO BARBOSA

Motion Designer: LUCAS LOURENÇO 

Music & Sound Production Company: CANJA Audio Culture 

Music Director: EDUARDO KARAS

Audio Director: LUCAS SFAIR

Audio Director: FILIPE RESENDE

Audio Executive Producer: MATHEUS BRANDÃO

Sound Designer: PEDRO SOUZA

Sound Designer: BRUNO VIEIRA

Music Producers: BRUNO VIEIRA & LEONARDO LIMA

Mix & Master Engineers: BRUNO VIEIRA & LEONARDO LIMA

Voice Talent: DOMINICK DRAPER

+ Unblock.coffee

Vivo – Campanha #FuturoVivo

Projeto VMLY&R, Coração da Selva e Soko (núcleo de conteúdo digital da Vivo)

Planejamento criativo e estratégico: Aline Botelho (VML&R)

Curadoria: Andreza Delgado

Mentoria: Diego Paulino e Renata Martins

Produção Audiovisual: Coração da Selva

Direção de arte: Anderson Paulino (VML&R)

PR e Talkability: Soko