WhatsApp Image 2020-10-15 at 08.29.26

Movimento AR repudia a exclusão de Benedita da Silva e Marina Silva como personalidades Negras, pela Fundação Zumbi dos Palmares

Reitor José Vicente, homenageia as duas referências femininas na política nacional com a nomeação de salas na Universidade Zumbi dos Palmares, amanhã (16/10)

Líder do Movimento AR e reitor da Universidade Zumbi dos Palmares, José Vicente, declara-se perplexo com a exclusão e os motivos alegados, pela presidência da Fundação Zumbi dos Palmares, de dois expoentes femininos negros da política do Brasil, Benedita da Silva, a primeira senadora negra do Brasil e a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva.

José Vicente, reconhecidamente um dos maiores ativistas no combate à intolerância racial e um racismo contra negros, decidiu conceder uma homenagem às duas personalidades negras com a nomeação de duas salas em sua Universidade Zumbi dos Palmares na próxima sexta-feira, 16 de outubro, às 11 horas durante cerimônia de nomeação do Observatório do Negro como Benedita da Silva e o Laboratório de Pedagogia como Marina Silva.

Todas as salas da Universidade são homenagens a negros famosos por sua luta no combate ao racismo ou desigualdade, alguns deles são Chiquinha Gonzaga, Cartola, Petrolina Beatriz, Tim Maia, Jamelão, Barack e Michelle Obama. 

Para José Vicente: “Benedita e Marina são heroínas brasileiras. E, heróis devem ser respeitados e reverenciados por todos os brasileiros e, sobretudo pelos negros”, conclui o líder do Movimento AR.

Movimento AR é uma mobilização voluntária, com propósito de realizar mudanças e transformações sociais através de ações efetivas de combate ao racismo, ao preconceito e à discriminação racial contra negros. O movimento é liderado pela Universidade Zumbi dos Palmares e pela Ong Afrobras.