reitor José Vicente

Movimento AR consegue aprovação de cotas para estagiários negros no Judiciário, pelo CNJ

Atendendo à solicitação do Movimento AR, o Conselho Nacional de Justiça aprovou ontem (22/9), a medida  protocolada pelo professor José Vicente ao então presidente ministro Dias Toffoli, para criação de vagas de estágio nos órgãos do Judiciário às pessoas negras. 

Esta foi a segunda ação aprovada, das dez reivindicações protocoladas durante a viagem do prof José Vicente  à Brasília. A primeira foi a inclusão da Igualdade e Discriminação Racial como tema estratégico  do Observatório Nacional de Questões de alta Complexidade, grande impacto e Repercussão

Ao aprovar a proposta o presidente do CNJ e do STF, ministro Luiz Fux aponta que a reserva de vagas é uma “necessária ação afirmativa” que garante a igualdade material, sem “violar a igualdade formal, em relação aos processos seletivos de estágio”.

O Movimento AR é uma mobilização voluntária, com propósito de realizar mudanças e transformações sociais através de ações efetivas de combate ao racismo, ao preconceito e à discriminação racial contra negros. O movimento é liderado pela Universidade Zumbi dos Palmares e pela Ong Afrobras.