Foto Fernando Fefo

Movimento AR com a Secretaria de Segurança oficializam a formação do Comitê Segurança do Futuro

Hoje, 13/8, na Universidade Zumbi dos Palmares, o reitor José Vicente, líder do Movimento AR ao lado do General João Camilo Pires de Campos Secretário Geral de Segurança de SP, formalizaram a criação do Comitê Segurança do Futuro. Com esta inciativa, que reúne também o alto comando da PM de SP e oito Universidades de referência no Brasil, será realizado um amplo estudo, por parte das entidades de educação, baseados em ciência e tecnologia para buscar as melhores alternativas de ajuste das técnicas de abordagem policial e outras práticas que podem surgir ao longo do processo.

Na ocasião foi assinado um Termo de Posse pelo Major Nicanor Barri Kimura, Capitão Cunha de Souza, Capitão Samuel Cláudio da Silva, Capitão Leonardo Bruno Rodrigues, Capitão Bruno Matsuo Fututani. Para dar todo suporte cientifico e elaborar o estudo assinaram a posse também os representantes das universidades: PUC, Unesp, Unicamp, Unifesp, Universidade Federal do ABC, USP e Universidade Zumbi dos Palmares que se uniram para somar esforços e apresentar, em um ano, a conclusão da pesquisa com a apresentação das soluções inovadoras e viáveis para segurança pública.

Como líder do Movimento AR José Vicente comemora: “esta é uma cena histórica, é a primeira vez que conseguimos reunir para um debate profundo no ambiente acadêmico científico com os poderes policiais, quebramos o paradigma de que esses setores não se conversam”. “A formação deste comitê com o alto comando de segurança do Estado de SP, as principais universidades do Brasil é uma demonstração de que estamos lutando no sentido certo para combater a intolerância racial e alcançar as mudanças de abordagem policial que sugerimos”, conclui José Vicente.

General João Camilo Pires de Campos Secretário Geral de Segurança de SP, começou seu discurso agradecendo a oportunidade de integrar a inciativa. O Secretário afirma “me sinto muito honrado por estar com representantes da vida acadêmica. Vocês são profissionais não apenas do ensino, mas sim da educação que integra Ensino + Valores e leva as pessoas a terem consciência de patriotismo e cidadania”. “O Movimento AR está dando um enorme passo para a ‘construção de pontes’ para nos levar à soluções”, finaliza o General.