Elenco do Vasco debate sobre racismo com professor de História no CT

Fonte: Portal UOL: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/05/05/elenco-do-vasco-debate-sobre-racismo-com-professor-de-historia-no-ct.htm

Os jogadores do Vasco tiveram uma programação especial hoje (5) antes do treino no CT do Almirante. Eles receberam a presença do professor de História vascaíno José Nilton Júnior, que conduziu uma roda de discussão sobre racismo no futebol. O educador leciona em Niterói e, ano passado, sofreu discriminação racial durante uma aula virtual. A atividade fez parte do projeto de “Formação Integral do Atleta-Cidadão”, idealizado pela vice-presidência de Relações Públicas em parceria com o Departamento de Futebol.

“Foi muito significativo para mim, como professor, vascaíno e negro, que vivencia atitudes racistas com uma certa frequência, vir no CT e contar um pouco da minha experiência. Feliz também por ver que o Vasco, com sua história e sua tradição, segue engajado nessa luta contra o racismo. Passei aos atletas que é muito importante eles conhecerem essa história, aderirem à essa luta, pois só dessa forma conseguiremos atingir mais pessoas, combater o problema e transformar o mundo num lugar melhor para viver, sem discriminação”, afirmou o professor Júnior, que participou do crownfunding (“vaquinha online”) que resultou na construção do CT.

Após o bate-papo, os jogadores presentearam o professor com uma camisa recém-lançada pelo clube alusiva à história vascaína de combate ao racimo. Ela estava personalizada com o nome do educador e o número 8, em referência ao ídolo do docente, Juninho Pernambucano. Além disso, ele ganhou um quadro da Resposta Histórica, documento assinado em 07 de abril de 1924, considerado até hoje um marco na luta contra a desigualdade racial no país.

Mês passado, o Vasco fez uma criativa ação que presenteou personalidades pretas — não necessariamente vascaínas — com um kit que explicava toda a luta do clube contra o preconceito e brindes alusivos ao tema. Nomes como Paulinho da Viola, Nelson Sargento, Tereza Cristina e Iza foram alguns dos agraciados.