Censo traça panorama racial da imprensa brasileira

Fonte: Poder 360

O Censo sobre Perfil Racial da Imprensa Brasileira, que ajuda a delinear a representação racial na imprensa nacional, começará a ser produzido nesta 2ª feira (16.ago.2021). A pesquisa é realizada virtualmente. O objetivo é usar as informações para o planejamento e implementação de políticas antirracistas.

Segundo o Portal dos Jornalistas, um dos responsáveis pela iniciativa, a pesquisa pode ajudar a remediar vícios e distorções causadas pela perspectiva racial, sobretudo em relação a pessoas pretas, que ainda possuem baixa representação no mercado.

Além do portal, a newsletter Jornalistas&Cia também realiza a iniciativa. As parcerias são com o Instituto Corda – Rede de Pesquisas e Projetos, Projetos e I’Max, e tem o apoio institucional da ABI (Associação Brasileira de Imprensa), Ajor (Associação de Jornalismo Digital), Aner (Associação Nacional dos Editores de Revista), ANJ (Associação Nacional de Jornais), Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo), Rede de Jornalistas Pretos e Universidade Zumbi dos Palmares, e outras instituições.

O questionário foi enviado por e-mail para 61.000 jornalistas de todo o país. A pesquisa tem 13 questões e pode ser respondida em 5 minutos.

Jornalistas como Pedro Bial, Ancelmo GóisLillian Witte FibeJuca Kfouri, Roberto D’Ávila, Flávia OliveiraFlávia Lima e Wanderley Nogueira, os escritores Laurentino Gomes e Antônio Torres, o maestro João Carlos Martins a empresária Luiza Trajano, o economista e ex-ministro Maílson da Nóbrega, o ator Paulo Betti, entre outros, fazem parte da campanha para estimular a adesão à consulta.